Blog do Jairo Bouer

Cerca de 36 milhões são alérgicos a maconha nos EUA, diz relatório

Jairo Bouer

12/05/2017 19h29

Mais de 36 milhões de norte-americanos podem ter reações alérgicas à maconha, mesmo que não usem a droga. A conclusão é de um relatório publicado recentemente pelo Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia.

De acordo com o levantamento, que analisou os tipos de alergia mais frequentes no país, 73% das pessoas que reagem ao pólen também apresentam problemas com a Cannabis sativa. E a tendência é o número aumentar, segundo reportagem do jornal britânico Daily Mail.

Sintomas típicos de alergia, como espirros, olho inchado, coceira, nariz entupido e escorrendo, bem como asma e conjuntivite, foram observados em certos pacientes não só ao fumar maconha, mas também ao ter contato com a fumaça, ao pólen da planta e até às sementes, que são usadas em certas receitas regionais.

O pólen da maconha costuma ser liberado no final do verão e no início do outono no Hemisfério Norte, e pode ser carregado pelo vento a quilômetros de distância.

Agora que a maconha foi legalizada de alguma forma, em cerca de metade dos Estados Unidos, pesquisas têm revelado algumas consequências da droga que eram pouco conhecidas. Além das alergias, foi noticiado o aumento dos casos de uma síndrome causada pela substância, a hiperemese por canabinoide, que deflagra náuseas, vômitos e fortes dores no estômago.

Sobre o autor

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e bacharel em biologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Fez residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. Nos últimos 25 anos tem trabalhado com divulgação científica e comunicação em saúde, sexualidade e comportamento nos principais veículos de mídia impressa, digital, rádios e TVs de todo o país.

Sobre o blog

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e opiniões sobre biologia, saúde, sexualidade e comportamento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Blog do Dr. Jairo Bouer
Topo