PUBLICIDADE

Topo

Problema financeiro pode dobrar risco de ataque cardíaco em mulheres

Jairo Bouer

06/05/2015 20h47

COMPRAONLINE300A hora de checar a fatura do cartão de crédito costuma ser dramática para boa parte das mulheres. E, segundo um estudo, o estresse provocado por uma crise financeira pode até deflagrar um ataque cardíaco nelas.

De acordo com cardiologistas da Universidade da Califórnia, mulheres com histórico de dificuldades financeiras têm o dobro do risco de sofrer um ataque do coração.

A equipe também analisou o impacto de diferentes eventos estressantes na saúde cardíaca, e descobriu que a morte de um ente querido ou uma doença grave podem elevar o risco em 65% para mulheres de meia-idade ou mais velhas. Isso sem levar em conta outros fatores de risco.

A equipe chegou à conclusão após analisar mais de 26.700 mulheres com idade média de 56 anos, acompanhadas ao longo de nove anos.

Segundo os pesquisadores, o risco cardíaco aumenta porque o estresse psicológico eleva os níveis de cortisol, predispondo a inflamações. Mas eles advertem que ainda é preciso investigar melhor a relação entre gênero, estresse e doenças cardíacas.

O estudo, financiado pelos Institutos Nacionais de Saúde e Envelhecimento, dos EUA, foi publicado no periódico Circulation, Cardiovascular Quality and Outcomes e divulgado no jornal britânico Daily Mail.

Sobre o autor

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e bacharel em biologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Fez residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. Nos últimos 25 anos tem trabalhado com divulgação científica e comunicação em saúde, sexualidade e comportamento nos principais veículos de mídia impressa, digital, rádios e TVs de todo o país.

Sobre o blog

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e opiniões sobre biologia, saúde, sexualidade e comportamento.