PUBLICIDADE

Topo

Jairo Bouer

Jogar games violentos em 3D gera mais raiva, mostra estudo

Jairo Bouer

22/10/2014 12h50

GAME300Pesquisadores descobriram que pessoas que jogam games violentos com tecnologia 3D demonstram mais evidências de raiva depois da diversão do que quem usa games bidimensionais, mesmo com telas grandes.

Para o autor do estudo Brad Bushman, professor de comunicação e psicologia na Universidade do Estado de Ohio, nos EUA, o resultado é consequência da sensação de estar mais imerso no jogo quando a tecnologia usada é 3D. Quanto mais realista o game, maiores os efeitos sobre os jogadores.

Para chegar à conclusão, ele e sua equipe avaliaram 194 estudantes universitários, sendo que cerca de dois terços eram do sexo feminino. Eles jogaram um game violento, em que há estímulo de matar, nas versões 2D e 3D e usando telas de diferentes tamanhos. Depois, eles relataram seu humor e foram solicitados a classificar a raiva que sentiam em uma escala de 1 a 5, além de dizer o quanto se sentiram imersos no jogo.

Para os pesquisadores, essas questões precisam ser consideradas por fabricantes de eletrônicos, desenvolvedores de jogos, consumidores, pais e agências de classificação de conteúdo.

Os dados foram anunciados em uma conferência em Ohio no último dia 19, e serão publicados no periódico Psychology of Popular Media Culture.

Sobre o autor

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e bacharel em biologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Fez residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. Nos últimos 25 anos tem trabalhado com divulgação científica e comunicação em saúde, sexualidade e comportamento nos principais veículos de mídia impressa, digital, rádios e TVs de todo o país.

Sobre o blog

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e opiniões sobre biologia, saúde, sexualidade e comportamento.