menu
Topo
Blog do Jairo Bouer

Blog do Jairo Bouer

Estudo sugere que é possível prever suicídios com exame de sangue

Jairo Bouer

31/07/2014 13h19

automutilacao300Pesquisadores norte-americanos acreditam que é possível criar um exame de sangue para ajudar a prevenir suicídios. A hipótese é baseada na descoberta de uma alteração química em um gene ligado ao estresse, que, segundo os cientistas, torna algumas pessoas mais propensas a tentar acabar com a própria vida.

Os resultados desse trabalho, conduzido por uma equipe da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, foram publicados esta semana no American Journal of Psychiatry.

A pesquisa foi focada em uma mutação no gene SKA2. Os pesquisadores analisaram amostras de cérebros de pessoas mortas por diferentes causas, e descobriram que aqueles que haviam se suicidado apresentavam alterações significativas nesse gene.

A equipe, então, testou três diferentes amostras de sangue, sendo que a maior delas envolvia 325 pessoas. Eles encontraram alterações semelhantes no SKA2 dos participantes que haviam reportado pensamentos suicidas ou tentativas de acabar com a própria vida.

Segundo o líder do estudo, o professor de psiquiatria Zachary Kaminsky, essas alterações desempenham um papel importante na resposta do cérebro aos hormônios do estresse, funcionando como uma espécie de estímulo a tendências suicidas.

Isso porque o SKA2 é expresso no córtex pré-frontal, que desempenha um papel na inibição de pensamentos negativos e comportamentos impulsivos. Além disso, esse gene é responsável por orientar os receptores de hormônios do estresse nos núcleos das células. Quando há modificações nele, os receptores tornam-se incapazes de interromper a liberação de cortisol no cérebro.

Segundo o pesquisador, o modelo produzido a partir da descoberta prediz o risco de suicídio com uma precisão de 80%. Para aqueles com risco mais grave de suicídio, o modelo teve uma precisão de 90%.

De acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o suicídio foi a décima principal causa de morte nos EUA entre indivíduos com dez anos de idade ou mais em 2009, o que resultou em um total de 36.891 mortes. Outros levantamentos também mostram que o suicídio é a terceira principal causa de morte entre jovens.

Embora ainda sejam necessários mais estudos para confirmar a hipótese, a descoberta é útil porque ainda não existe uma forma consistente de se prevenir o suicídio. Um teste ajudaria os médicos a identificar os tratamentos mais adequados para cada paciente.

Sobre o autor

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e bacharel em biologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Fez residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. Nos últimos 25 anos tem trabalhado com divulgação científica e comunicação em saúde, sexualidade e comportamento nos principais veículos de mídia impressa, digital, rádios e TVs de todo o país.

Sobre o blog

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e opiniões sobre biologia, saúde, sexualidade e comportamento.