Blog do Doutor Jairo Bouer

Arquivo : pornografia

Pornografia gera insatisfação no relacionamento, mas só para o homem
Comentários Comente

Jairo Bouer

Homens que consomem pornografia são menos satisfeitos com seus relacionamentos, mas o mesmo não pode ser dito sobre as mulheres. É o que dizem pesquisadores das universidades de Indiana e do Hawaii, nos Estados Unidos.

Eles chegaram a essas conclusões após fazer uma meta-análise que envolveu 50 estudos sobre pornografia e mais de 50 mil pessoas de dez diferentes países. Os resultados foram publicados no periódico Human Communication Research e divulgados no jornal britânico Daily Mail.

Ao contrário do que aconteceu com os homens, os pesquisadores não conseguiram encontrar uma relação entre consumo desse tipo de conteúdo e baixa satisfação com os relacionamentos entre as mulheres (sim, elas também curtem pornografia).

Para os autores do trabalho, pode ser que os homens criem expectativas mais irreais em relação ao sexo e acabam se desapontando com as relações de verdade. Isso não significa que a pornografia tenha que ser abandonada, mas talvez seja o caso de conscientizar as pessoas de que esses vídeos não são retratos fiéis da realidade.


Maioria das pessoas aprova a pornografia de vingança, sugere estudo
Comentários Comente

Jairo Bouer

Um estudo realizado no Reino Unido indica que a maioria das pessoas aprova a pornografia de vingança, ou seja, postar fotos íntimas de um ex-parceiro ou parceira numa rede social ou plataforma pública após ter sido rejeitado ou traído.

A pesquisa é pequena – contou com 100 adultos de 18 a 54 anos, de ambos os sexos. Mesmo assim, os resultado são assustadores: ao serem expostos a um cenário desse tipo, 99% dos participantes expressaram algum tipo de aprovação à atitude, ou no mínimo afirmaram que não sentiriam remorso.

Para 87%, a pornografia de vingança até foi encarada como algo emocionante ou divertido. Apesar disso, “apenas” 29% dos participantes admitiram que tomariam uma atitude como essa. Em outras palavras, nem todo mundo teria coragem de agir dessa forma, mas quase todo mundo acha o comportamento aceitável.

Os psicólogos que conduziram o estudo, da Universidade de Kent, identificaram certas características em comum entre os entrevistados que se envolveriam em pornografia de vingança e a chamada “tríade negra”, o conjunto de traços de personalidade que engloba maquiavelismo, narcisismo e psicopatia. Este último, que envolve impulsividade e falta de empatia, foi o traço que apresentou maior correlação com a pornografia de vingança.

A pesquisa explica por que fotos desse tipo circulam com tanta rapidez na internet. Por mais que algumas redes tenham mecanismos para remover imagens não autorizadas, é muito mais difícil controlar o envio pelo WhatsApp, por exemplo, já que as pessoas podem salvar as fotos no celular. Por tudo isso, é melhor evitar o envio de nudes que identifiquem o rosto. Os adolescentes, que são vítimas comuns desse tipo de crime, devem ser bem orientados pelos pais.


Vídeo pornô com camisinha incentiva sexo seguro, diz pesquisa
Comentários Comente

Jairo Bouer

camisinha615

Um estudo mostra que filmes pornográficos que incluem o uso de camisinha ajudam a incentivar o sexo seguro entre homens que fazem sexo com homens.

A conclusão é de pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, e foi publicada na edição online do periódico PLoS ONE.

Eles conduziram uma pesquisa online com 265 homens que fazem sexo com homens e que tinham consumido pornografia nos três meses anteriores à abordagem.  Todos tinham no mínimo 18 anos e moravam nos Estados Unidos.

Os pesquisadores perceberam que os homens que viam mais filmes que envolviam uso do preservativo eram menos propensos a fazer sexo anal sem camisinha. E o inverso também foi constatado: os que assistiam a vídeos em que os atores não se protegiam eram mais predispostos a abrir mão da camisinha.

Do total, 92% relataram assistir a vídeos de sexo explícito em que havia penetração sem preservativo e 48% concordavam que isso havia contribuído para que deixassem de usar camisinha também. Entre os participantes, 70% disseram ter repetido na vida real as coisas que viram nos filmes e 55% comentaram que foram atrás de sexo logo após assistir aos vídeos.

O uso de preservativo tem sido imposto à indústria de pornografia norte-americana para fins de prevenção de transmissão do HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis. Mas hoje em dia, com tanto conteúdo sendo produzido informalmente na internet é muito difícil fazer com que isso seja regra.


Toda mulher é capaz de se excitar ao ver outra mulher nua, diz estudo
Comentários Comente

Jairo Bouer

porn300Diante de um vídeo pornográfico, não existe mulher heterossexual, sugere um estudo. Apenas lésbica ou bissexual. Explico melhor: mulheres que só têm interesse por homens podem ficam excitadas tanto ao ver uma mulher nua, quanto ao observar um homem sem roupa.

Especialistas do departamento de psicologia da Universidade de Essex, no Reino Unido, convidaram 345 mulheres para assistir a diferentes vídeos eróticos e registraram seu nível excitação, inclusive o modo como suas pupilas dilataram, algo que geralmente ocorre diante de estímulos sexuais.

Eles perceberam que, embora a maioria das participantes se definisse como heterossexual convicta, todas elas responderam às cenas só com mulheres.

Já as homossexuais convictas responderam muito aos vídeos só com mulheres e muito pouco quando apenas homens apareciam, ou seja, elas reagiram mais como os homens heterossexuais reagiriam.  As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Os pesquisadores também descobriram que a aparência de uma lésbica não tem nada a ver com o tipo de estímulo que mais a excita. Homossexuais com comportamento mais masculino não apresentaram necessariamente respostas mais fortes diante das cenas só com mulheres. Por isso, não dá para julgar a preferência sexual de uma mulher só pela roupa ou corte de cabelo que ela tem.

Muitos homens podem ficar animados com os resultados da pesquisa. Mas preste atenção: não é por que sua namorada gosta de ver mulheres nuas que ela necessariamente vai gostar de um ménage à trois, OK?


Consumo de pornografia pode levar a comportamentos de risco?
Comentários Comente

Jairo Bouer

PORN300Consumir pornografia com muita frequência pode levar a comportamentos sexuais de risco? Pesquisadores da Universidade de Sydney e de Curtin, na Austrália, decidiram responder a essa pergunta. Para isso, eles fizeram uma revisão de todos os estudos científicos existentes sobre o tema. E a conclusão deles é que, sim, existe essa tendência.

A equipe encontrou 17 trabalhos, dos quais apenas dois eram específicos sobre o consumo de pornografia na internet. A maioria dos trabalhos contava com mais de 1.000 participantes, todos com 18 anos ou mais.

Do total, sete estudos mostraram ligação entre o consumo de pornografia e a prática mais frequente de sexo desprotegido, em especial o sexo anal no grupo de homens que fazem sexo com outros homens (HSH).

A maioria dos trabalhos também uma relação entre o uso de pornografia e o aumento do número de parceiros e da frequência do sexo casual, tanto em homens quanto em mulheres. Os resultados foram publicados na revista Cyberpsychology, Behavior, and Social Networking.

Os pesquisadores explicam que muitos dos estudos analisados não tinham metodologia adequada, já que essa é uma área de pesquisa muito recente.

Eles sugerem que os programas de prevenção e saúde sexual levem esse público em consideração e que se pense em formas de aproveitar a própria pornografia para incentivar o uso da camisinha.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>